Saiba tudo sobre o Central Park, muito mais que um bairro planejado em Passo Fundo

Você acha que viver em um local planejado especialmente para que seus moradores tenham qualidade de vida, mobilidade, conveniência, privacidade e o espaço ideal para morar do seu jeito faria diferença no seu dia a dia?

Pode apostar que sim! O sonho de comprar um terreno em uma região valorizada da cidade e construir uma casa só sua é compartilhado por muitos passo-fundenses.

Acaba de ser lançado um desenvolvimento imobiliário que promete
tornar esse sonho possível. É o Central Park, que chega ao município a partir de uma parceria entre quatro empresas líderes em seus segmentos no Rio Grande do Sul: a Bolsa Construções e Incorporações, a SBC Administrações e Participações, a Melnick Even e a Arcádia Urbanismo.

Se você deseja comprar um terreno para construir uma casa do seu jeito para morar, ou mesmo como investimento, não feche negócio antes de conhecer este lançamento.

Confira agora todos os motivos que fazem do Central Park um local imperdível para se viver.

 

Bairro planejado para o estilo de vida contemporâneo

No Central Park, os moradores poderão construir uma casa para viver do seu jeito

Muita gente não sabe, mas um bairro planejado, como o Central Park, é diferente de um loteamento e de um condomínio fechado. Nesse tipo de desenvolvimento imobiliário, uma grande área da cidade é urbanizada e fica pronta para a construção de imóveis residenciais e comerciais.

As empresas responsáveis pelo empreendimento cuidam da urbanização, paisagismo e infraestrutura de ruas e avenidas, incluindo iluminação, calçamento, saneamento, mobiliário urbano, construção de ciclovias e muito mais. Elas também são responsáveis pela venda dos terrenos, em parceria com os corretores locais. Esses grandes projetos são realizados em acordo com a prefeitura do município, respeitando regras locais e de zoneamento.

Os bairros planejados se diferem de outros tipos de desenvolvimento imobiliário por serem pensados para uma população e local específicos. Na sua concepção, são considerados fatores como mobilidade (seja para veículos, pedestres ou ciclistas) e acesso a áreas verdes como praças e parques.

Ou seja, morar em um bairro planejado é muito diferente de viver em um bairro que foi sendo ocupado sem planejamento, e também é diferente de viver em um condomínio fechado.

Isso porque o morador de um bairro planejado não paga condomínio e não precisa se submeter a regras condominiais. Em vez disso, ele adquire um terreno para construir um imóvel próprio e morar do seu jeito, com a liberdade de projetar a sua casa como quiser.

E recebe o terreno com toda a infraestrutura novinha e a perspectiva de uma maior valorização no futuro: em geral, imóveis em bairros planejados são de 20 a 30% mais valorizados do que os imóveis de regiões vizinhas.

 

Localização nobre em Passo Fundo

O Central Park está localizado na região da cidade que mais cresce e recebe
investimentos, junto à Perimetral Sul (RS-324), associada pelos moradores a qualidade de vida e contato com a natureza.

Geograficamente privilegiada, a região é alta, aberta e intensamente arborizada, ideal para quem quer morar em uma casa e aprecia atividades ao ar livre. Além disso, as empresas e indústrias instaladas nas proximidades proporcionam desenvolvimento e novos empregos.

A exemplo do bairro Cidade Nova, construído pela Bolsa – Construções e Incorporações e que se tornou muito valorizado nos últimos anos, o Central Park tem tudo para trazer o mesmo resultado aos seus futuros moradores.

 

Projeto viário que privilegia mobilidade e tem foco no pedestre

Projeto viário estimula moradores a curtir o bairro a pé

O projeto viário do Central Park foi pensado para ser “à prova de engarrafamentos” e facilitar o fluxo dos moradores em suas ruas e avenidas.

As vias terão áreas delimitadas para pedestres, carros e ciclovias, com prioridade às pessoas e atenção à acessibilidade. Assim, o projeto estimula os moradores a caminhar e curtir o bairro a pé, algo que pode não ser possível em outras regiões.

 

Parque linear inspirado em tendências do urbanismo mundial

Parque linear traz modelo usado em grandes cidades do mundo

O Central Park terá como ponto central um parque linear planejado com espaços para lazer, convivência e prática de exercícios. Pensado especialmente para a população local, o parque terá paisagismo que valoriza a vegetação nativa, atraindo pequenos animais, como passarinhos e borboletas.

Mas você sabe o que é um parque linear? Também chamados de greenways (“caminhos verdes”), os parques lineares são intervenções urbanísticas em formato contínuo, que proporcionam áreas para recreação, atividades físicas e culturais e contato com a natureza em meio à área urbana.

 

Paisagismo privilegia vegetação nativa

No mundo inteiro, grandes cidades investem em parques lineares como forma de revitalização ecológica e para trazer conforto térmico e qualidade de vida à população. O High Line, construído sobre uma antiga linha de trem elevada em Nova York, é um exemplo de parque linear que teve impacto positivo na região em que foi implantado, promovendo a valorização dos imóveis no entorno.

Esse conceito agora chega a Passo Fundo com a promessa de proporcionar muita qualidade de vida aos moradores do Central Park.

 

Lançamento assinado por empresas reconhecidas no mercado

O Central Park terá áreas pensadas para o comércio

O Central Park foi idealizado por quatro empresas de destaque no segmento imobiliário do Rio Grande do Sul: a Bolsa Construções e Incorporações, a SBC Administrações e Participações, a Melnick Even e a Arcádia Urbanismo.

Essa união alia o conhecimento local da Bolsa e SBC, sediadas em Passo Fundo, à expertise da Melnick Even, líder em empreendimentos de alto padrão, e da Arcádia, pioneira em condomínios horizontais e bairros planejados, ambas com sede na capital gaúcha.

Conheça um pouco sobre cada uma delas:

  • Bolsa Construções e Incorporações: Conhecida dos passo-fundenses há 44 anos, a Bolsa é referência em construção e urbanismo em Passo Fundo e Cruz Alta. Construiu mais de 70 prédios comerciais e residenciais, implantou loteamentos e novos bairros, como o Cidade Nova, referência em viver bem entre os moradores do município.
  • SBC Administrações e Participações: Parceira da Bolsa em diversos projetos, a SBC é uma empresa de investimentos imobiliários que prioriza grandes empreendimentos com alto potencial de resultado. Opera comprando áreas para negócios ou investindo diretamente.
  • Melnick Even: São quase 50 anos de história construindo empreendimentos que aliam inovação e excelência. A Melnick Even, uma das maiores incorporadoras do estado, tem um pezinho em Passo Fundo: Abraão Melnick estabeleceu-se na cidade em 1943, com um comércio de confecções e tecidos, e logo passou a construir edificações. Seu
    filho, Milton, fundou a Melnick Even, que hoje soma 4 mil unidades entregues e 700 milhões brutos em lançamentos.Um dos principais valores da Melnick Even é a responsabilidade social e ambiental. Na capital gaúcha, a empresa já adotou sete praças e um parque, promovendo a manutenção, a intervenção urbanística e a recuperação de importantes áreas verdes.
  • Arcádia Urbanismo: Marca líder em urbanismo no Rio Grande do Sul, a Arcádia é responsável por estabelecer um novo parâmetro de alto padrão em condomínios fechados e bairros planejados, com mais de 2.500 terrenos e 2 milhões de m² entregues. Liderou o movimento que transformou o segmento imobiliário no litoral gaúcho com o desenvolvimento de condomínios horizontais. A empresa é sinônimo de qualidade e pioneirismo há 15 anos.

 

O que o Central Park vai oferecer

Parque linear terá academia ao ar livre

Agora que você já conheceu os principais atrativos e benefícios do Central Park, confira um resumo de tudo que ele vai oferecer aos futuros moradores:

  • 283 terrenos a partir de 300m²
  • Parque linear com 18 mil m²
    • Avenidas com ciclovias no canteiro central
    • Projeto único de paisagismo e arborização
    • Circuitos de Passeios ao longo do parque para caminhada
    • Espaços para convivência e interação
    • Kids Park
    • Academia outdoor
    • Mobiliário urbano
    • Projeto de iluminação

Lembrando que o bairro já está registrado e com a documentação toda em dia.

Ficou com alguma dúvida sobre o Central Park? Entre em contato, teremos muito prazer em atendê-lo!

 

Fotos: Melnick Even Urbanismo – imagem ilustrativa

assista o vídeo do

empreendimento

Receba CONTEÚDOS DE NOSSOS

Lançamentos
e novidades